13.06

Atire a primeira pedra quem nunca adiou um compromisso, o início de uma leitura importante, o dia de fazer a declaração de imposto de renda ou aquele regime.

 

Sempre que fazemos isto não só nos sentimos culpados e cobrados internamente, como também nos perguntamos o motivo de não fazermos aquilo que precisamos fazer, ou que nos propusemos a fazer. De forma geral, o cérebro humano “se rende” à procrastinação porque tem preferência pela recompensa imediata. Por isso, tende a lutar com tarefas que prometem vantagens futuras em troca de esforços no presente.

 

Se você perceber que procrastina por usar metas abstratas, passe a definir metas mais concretas para si mesmo. Da mesma forma, se você perceber que procrastina porque se sente sobrecarregado pelas tarefas com as quais precisa lidar, pode dividir essas grandes tarefas em um conjunto de itens pequenos e mais praticáveis quando realizados por etapas, e isso fará com que se sinta mais confortável para encará-las.

 

Há muitas razões pelas quais as pessoas procrastinam, e uma pessoa pode procrastinar para vários números delas ao mesmo tempo. Cada problema tem uma solução e boa parte deles vem do pressuposto de reconhecer os porquês dessas motivações da procrastinação explicados e depois ter autoconhecimento para criar atalhos contra a procrastinação. 

 

E aí, bora ser produtivo?